Proteína vegetal constrói massa muscular tão bem quanto proteína animal?

De acordo com um novo estudo, a resposta é sim. Pesquisadores descobriram que proteína vegetariana é tão benéfica para a construção de força e massa muscular quanto a proteína animal.

Continue lendo e entenda...


A proteína ajuda a reparar e construir massa muscular - basicamente, é por isso que é recomendado que atletas consumam este nutriente em maior quantidade do que pessoas sedentárias, principalmente após treinos intensos de força. 

Mas até agora, pesquisadores não tinham certeza se a proteína vegetal recupera o músculos treinado tão bem quanto a proteína animal, até porque a maior parte dos estudos era sempre feita com proteínas do tipo whey protein ou proteína da carne. 


Os resultados deste novo estudo publicado pelo American Journal of Clinical Nutrition são excelentes: proteína vegetal e animal trazem os mesmos benefícios para a massa muscular.

Os pesquisadores analisaram a saúde de quase 3 mil homens e mulheres com idade entre 19 e 72 anos, assim como seus hábitos alimentares, e se eram sedentários ou não. Os pesquisadores estimaram o total de consumo de proteína dos participantes, assim como a porcentagem de proteína que vinha de fontes específicas, como fast food, laticínios, carne vermelha, peixe, frango, legumes e grãos.

Eles também analisaram, em cada participante, a massa muscular, densidade óssea e força no quadríceps - todas as medidas importantes para um bom nível de saúde, fitness, e bom funcionamento do corpo em geral, especialmente durante o envelhecimento.


Quando os pesquisadores compararam as informações, descobriram que os indivíduos que consumiam menos proteína diariamente possuíam menor quantidade de massa muscular e força, e o tipo de proteína ingerida não importava nos resultados, somente a quantidade. 

Os indivíduos que consumiam mais proteína, fosse ela animal ou vegetal, possuíam mais massa magra e mais força no quadríceps. Não foi encontrado diferença na densidade óssea entre eles.

Depois de os pesquisadores ajustarem outros fatores (como sedentarismo/atividade física), descobriram que definitivamente o tipo de proteína ingerida não tinha impacto na saúde músculo-esquelética, tanto em homens quanto em mulheres.

De acordo com os pesquisadores, os resultados do estudo mostram que ingerir mais proteína está relacionado com uma melhor saúde muscular e ganho de massa. Isso é especialmente importante da meia idade para frente na vida, já que temos a tendência a perder massa muscular com o passar do tempo.


A autora principal do estudo, Kelsey Mangano, PhD, professora de ciências nutricionais na University of Massachussets Lowell, disse que o estudo traz uma mensagem importante tanto para os amantes da carne quanto de uma alimentação mais natural: "Desde que você esteja ingerindo a quantidade recomendada diariamente de proteína, pouco importa a fonte na dieta, pois ela melhora a saúde muscular".

Em outras palavras, aqueles que querem abolir a carne do cardápio e estão preocupados com seus músculos, não se preocupem! Nada que alimentos do tipo quinoa, lentilha, feijão, nozes e soja não resolvam. E além disso, existem muitas proteínas em pó de origem vegetal, para suplementação.

4 comentários:

  1. Não precisavam ter feito essa pesquisa, era só perguntar pra mim hahahaha
    Sou vegetariana há 6 anos e sim, construí muuita massa muscular desde que comecei a malhar, de uns 3 anos para cá

    ResponderExcluir
  2. Já é hora da ciência começar a investigar a proteína vegetal, que é maravilhosa

    ResponderExcluir
  3. Bom saber,porque para intolerantes a lactose como eu é mais uma opçao.

    ResponderExcluir
  4. Amo esse site, aborda muito o lado não-carnívoro da força kk

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.