4 Substitutos naturais do açúcar que trazem benefícios para a saúde


O açúcar adicionado nos alimentos é, provavelmente, um dos piores males da sociedade moderna, quando falamos de alimentação.

A substância já foi associada à várias doenças sérias, incluindo a obesidade, doenças cardíacas, diabetes e câncer.

Além disso, muitas pessoas consomem quantidades enormes de açúcar e não fazem ideia disso, pois optam por alimentos industrializados e não lêem os rótulos.

Felizmente, há muitas maneiras de adoçar os alimentos sem adicionar o açúcar propriamente dito, e esse artigo explora algumas delas, seus benefícios e contra-indicações.

Continue lendo e conheça.

Por que o açúcar faz mal para nós?

Para começar, não há simplesmente nada de bom no açúcar. Não contém nada de proteína, ácidos graxos essenciais, vitaminas ou minerais. Não há nenhuma necessidade dele na dieta.

De fato, há uma longa lista de razões pelas quais devemos evitar o açúcar.

O açúcar interfere com nossos hormônios que regulam a fome e a saciedade. Isso pode levar à um aumento na quantidade de calorias ingeridas e ganho de peso. (1, 2).


Também danifica o metabolismo, que pode levar à um aumento na insulina e estoque de gordura. Muitos estudos comprovaram uma forte ligação entre o açúcar e a obesidade. (3, 4).

Aqueles que consomem mais açúcar possuem mais chance de acabar com sobrepeso ou obesos do que aqueles que consomem menos.

Alto consumo de açúcar também está associado a algumas das doenças mais mortais do mundo, incluindo doenças cardíacas, diabetes e câncer. (5, 6, 7).

Além disso, o açúcar é altamente viciante. Causa uma liberação na dopamina no centro de recompensa do cérebro, que é a mesma reposta causada por certas drogas, como a cocaína. Isso pode levar à desejos fortes por açúcar diariamente, e causa um consumo exagerado de alimentos açucarados. (8).

Resumindo, açúcar é incrivelmente ruim para a saúde e deve ser evitado. Ao invés dele, considere alguma das alternativas abaixo:

1. Stevia


Stevia é um adoçante natural extraído das folhas de um arbusto sul americano conhecido cientificamente como Stevia Rebaudiana.

Contém zero calorias e não possui nenhuma ligação com ganho de peso.

De fato, estudos em humanos mostraram que a stevia não está ligada com absolutamente nenhum efeito negativo para a saúde. (9, 10). Pelo contrário - traz benefícios!

Vários estudos mostram que a Stevioside, que é um dos compostos da Stevia, diminui a pressão sanguínea em 6 a 14%. (11, 12, 13).

Também se mostrou eficaz na diminuição do açúcar no sangue e níveis de insulina, que ajuda a combater a diabetes. (14, 15).

2. Xylitol

O xylitol é um açúcar do álcool com o sabor similar ao do açúcar branco de mesa. Ele é extraído do milho ou da madeira de bétula, e é encontrado em várias frutas e vegetais.

O xylitol contém 2,4 calorias por grama, que é 40% menos calorias do que o açúcar.

Além disso, não aumenta os níveis de açúcar no sangue ou os níveis de insulina. (16).

A maioria dos efeitos danosos associados ao açúcar refinado são devido ao alto teor de frutose. Já o xylitol contém zero frutose e, portanto, nenhum dos efeitos danosos associados ao açúcar. Pelo contrário, traz até benefícios!


Vários estudos mostraram que o xylitol melhora a saúde bucal ao reduzir o risco de cáries. (17, 18, 19, 20).

Além disso, a substância aumenta a absorção de cálcio pelo corpo. Isso não é bom apenas para os dentes, mas também para a densidade óssea, ajudando a proteger contra osteoporose. (21, 22, 23, 24).

O Xylitol é bem tolerado pelo organismo, em geral, mas consumi-lo em excesso pode causar efeitos como gases, diarréia e inchaço abdominal.

Também é importante saber que o xylitol é altamente tóxico para cachorros. 

3. Eritritol (Erythritol)

Como o xylitol, o eritritol é um açúcar do álcool, mas contém ainda menos calorias. Com apenas 0,24 calorias por grama, a substância contém 6% das calorias do açúcar branco de mesa. Além disso, possui exatamente o mesmo gosto do açúcar, fazendo com que a troca seja fácil.

O nosso corpo não possui enzimas para quebrar o eritritol, então a maior parte é absorvida pelo organismo e excretada na urina sem ter sofrido alteração nenhuma. (25).

Também não traz nenhum dos malefícios que o açúcar traz. Ele não aumenta os níveis de açúcar no sangue, insulina, colesterol, nem os níveis de triglicerídeos. (26).

É extremamente bem tolerado pelo organismo e não traz efeitos adversos. (27, 28, 29).

4. Xarope de Yacon


O xarope de yacon é extraído da raiz da planta yacon.

Tem o gosto doce, a cor é escura e possui consistência grossa, como o melado.

Recentemente ganhou popularidade como suplemento para perda de peso, depois de aparecer em programas médicos de TV americanos como o The Dr. Oz Show.

Enquanto um pequeno estudo mostrou que o xarope causa grande perda de peso em mulheres com sobrepeso, mais pesquisas são necessárias para validar a informação.(30).

O xarope de yacon contém 40 a 50% de frutooligossacarídeos, que são um tipo especial de molécula de açúcar que o corpo humano não consegue digerir.

Por essas moléculas não serem digeridas, o xarope de yacon contém um terço das calorias do açúcar branco refinado, 1,3 calorias por grama.

Estudos mostram que o frutooligossacarídeo ajuda na diminuição nos hormônios da fome grelina, que reduz o apetite. (31, 32).

Também é benéfica para as bactérias boas intestinais, que são importantíssimas para a saúde em geral. Possuir uma boa flora intestinal está ligado à uma diminuição no risco de diabetes e obesidade, melhora na imunidade e melhor função cerebral. (33, 34, 35, 36, 37).


Ingerir o xarope de yacon é totalmente seguro, mas em excesso pode vir a causar gases, diarréia ou desconforto intestinal.

Outro ponto negativo do xarope de yacon é que não podemos utiliza-lo em receitas, pois as altas temperaturas quebram a estrutura dos frutooligossacarídeos. (38).

Podemos usar o xarope de yacon como adoçante em café ou chá, adicionar à molhos de saladas, derramar no iogurte, aveia...

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.