Quais são os melhores objetivos fitness para cada fase da vida da mulher?

Esteja você entrando na faculdade, construindo uma carreira, iniciando uma família ou aproveitando a aposentadoria, AGORA é sempre a melhor hora para estar mais em forma do que nunca. Não há idade ruim para se comprometer com a sua saúde a sua boa forma.

Melhorar a saúde física em qualquer estágio da vida traz uma gama incrível de benefícios, indo desde a estabilidade emocional, passando por uma melhor qualidade de sono, e indo até um coração e sistema imune mais fortes.

Entretanto, dependendo da sua idade e de como está a sua vida, as suas necessidades físicas se alteram, e o seu modo de se exercitar deve mudar um pouco também. Aqui estão os objetivos que você pode procurar alcançar em cada fase da vida, para se sentir sempre bem consigo mesma.


Adolescência e 20 e poucos anos: Hora de aproveitar ao máximo e criar bons hábitos


O seu corpo está fazendo tudo ao seu alcance para que você se mantenha saudável para se reproduzir. Isso é ótimo, mesmo que filhos não estejam nos seus planos tão cedo.

Isso quer dizer que os seus hormônios estão super equilibrados, de forma que se exercitar e melhorar a forma física tendem a acontecer com facilidade.

Sua taxa metabólica é tipicamente mais alta ao 20 e poucos anos, que é uma vantagem quando se fala de queima de gordura e construção e manutenção da massa muscular. Investir nisso agora vai ser uma ótima base para sua saúde e boa forma nos anos que seguem.

Seu objetivo agora: Não deixe que todas essas boas notícias te subam a cabeça. Agora é a hora de acostumar o seu corpo bons hábitos: cardio regularmente e treino com pesos.

Hábito é a palavra chave aqui. Nessa idade, é comum que haja um vai e vem entre os meses em que você cuida totalmente do seu corpo com exercício e alimentação, variando entre meses que você joga a toalha e vive de pizza e vinho. Talvez isso ainda não traga resultados estéticos muito expressivos nesta idade, mas esse hábito vai mexer com o seu corpo e sua mente, podendo levar à falta de confiança própria e padrões desordenados de alimentação.

Na dúvida, foque em um corpo saudável ao invés de um corpo bonito. Se você fizer isso, vai estar em boa forma mesmo sem tentar muito. Isso quer dizer pensar antes de colocar qualquer coisa para dentro do seu corpo: bebidas, comidas, cigarros - e entender o que cada uma dessas coisas fará com o seu corpo. Isso significa buscar sempre qualidade no alimento e optar por alimentos in natura, naturais e orgânicos sempre que possível.

Dos 30 ao 40 anos - Priorize a eficiência


Grandes mudanças na vida podem significar grandes mudanças no corpo e, nessa idade, essas mudanças normalmente tem a ver com carreira ou filhos, que acabam ficando no caminho da sua atividade física e da sua dieta. Noites compridas no escritório ao tentar escalar a hierarquia da empresa podem significar comer mal, esquecer de almoçar e acabar com as idas à academia. Similarmente, um novo bebê pode dar um novo significado à palavra cansaço.

É fácil sentir que é impossível se exercitar as vezes. Você se convence que vai tirar o atraso mais tarde. Todas já passamos por isso. Mas aquele velho ditado é verdade, mesmo quando se trata de exercício: Por que deixar para amanhã o que se pode fazer hoje? Não é necessário passar todos os dias 1 hora na academia, pois 15 minutos de exercício por dia já fazer diferença, e podem ser feitos no conforto da sua casa.


Um treino HIIT de 15 minutos ou exercícios de resistência com o peso do corpo em casa vão queimar muitas calorias e manter o seu metabolismo acelerado, além de dar a energia necessária para atravessar dias longos e cansativos. Dê duro no tempo que você possuir, e quando o resultado vier, você vai se sentir mais motivada para manter essa rotina. A chave aqui é fazer do exercício parte da sua vida, e não algo que você faz somente quando sobrar um tempinho.

Seu objetivo agora: Não desista, mas também não se puna se não conseguir sempre. Construir uma carreira e/ou ter filhos requer esforço intenso, físico e emocional, então não se desespere se não estiver se exercitando tanto quanto gostaria. Ao invés disso, pense em quanto você consegue construir na sua vida com aquilo que você tem.

Dos 40 e poucos aos 50 e poucos anos: Construa massa muscular para queimar gordura


Nessa época chega a menopausa, trazendo várias mudanças corporais. Uma delas é o acúmulo de gordura abdominal. Quando o seu corpo começa a produzir ciclos irregulares de menstruação, já há uma mudança hormonal que vai resultar na menopausa.

Essas flutuações hormonais podem desencadear ganho de peso, especialmente ao redor da cintura. Também pode desacelerar o metabolismo, o que quer dizer que, se você manter a mesma dieta de sempre, pode ganhar peso. A menos que você esteja repondo hormônios artificialmente, isso é algo com o que você vai ter que se adaptar, e é aí que o exercício fica ainda mais importante.

Seu objetivo: A boa notícia é que praticar musculação ajuda a prevenir e desacelerar o aumento da gordura corporal, particularmente ao redor da cintura. Ao invés de focar em perder peso através de dieta e cardio, foque na construção de massa muscular - mas claro, nunca deixe o cardio totalmente de lado.

Combine ambas as atividades para manter o coração e o sistema circulatório fortes enquanto constróis músculos. 

50 e poucos anos em diante: Surpreenda-se com força


Enquanto algumas pessoas se dão bem sem se exercitar pelos seus 20 e 30 anos, é impossível que isso seja verdade para aqueles que estão na casa dos 50.

De fato, muitos dos sintomas associados com a idade não são especificamente resultado do envelhecimento, mas sim, da falta de atividade física. Por exemplo, falta de força, flexibilidade e má circulação vão se manifestar de várias formas diferentes.  Varizes, rugas e má postura são aspectos muito agravados com a falta de atividade física.

Não é só sobre aparência. A saúde sofre dramaticamente também. Espere um maior risco de osteoporose, pressão sanguínea elevada, doenças cardíacas, diabetes tipo 2, e outros problemas de saúde se você se mantiver sedentária nesta idade.


Seu objetivo: Seja mais fit e saudável do que nunca, sério!

Essa pesquisa da Universidade de British Columbia, no Canadá, descobriu que mulheres acima da idade de 65 anos tem a capacidade de aumentar a força muscular, densidade óssea e flexibilidade depois de apenas um ano de treino com pesos. 

Essa não é a hora de parar, é a hora de pegar mais firme na atividade física!

O importante é sempre fazer o treino com acompanhamento de um instrutor na sua academia, ele (ou ela) vai saber o melhor treino para te indicar e te dar o máximo de benefícios.

References
Schmitz, K. H., Hannan, P. J., Stovitz, S. D., Bryan, C. J., Warren, M., & Jensen, M. D. (2007). Strength training and adiposity in premenopausal women: strong, healthy, and empowered study. The American Journal of Clinical Nutrition, 86(3), 566-572.
Rhodes, E. C., Martin, A. D., Taunton, J. E., Donnelly, M., Warren, J., & Elliot, J. (2000). Effects of one year of resistance training on the relation between muscular strength and bone density in elderly women. British Journal of Sports Medicine, 34(1), 18-22.

Um comentário:

  1. Que texto maravilhoso! Tratando todas as idades com amor!

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.