Nunca substitua uma boa alimentação por suplementos


Não priorizar uma boa alimentação, e dar mais valor à suplementação,  é o primeiro e o maior dos erros quando se usa algum tipo de suplemento. Como o próprio nome diz, suplemento é um complemento que serve para suprir alguma necessidade na dieta, seja ela energética, protéica ou o que for.

Além disso, os suplementos devem ser usados dentro da dieta, coerentemente com o objetivo e dentro de uma sinergia. Por exemplo, seria um tanto quanto errado, utilizar suplementos proteicos de lenta absorção no pós-treino ou consumir vitamina C numa refeição que contemple cálcio.

Mas, e os MRPs? Eles não foram feitos para substituir refeições? 

Sim e não! MRPs não substituis de refeição com um valor energético e protéico determinado. Mas o que garante que a sua refeição necessite exatamente daquilo e não de quantidades superiores ou inferiores de calorias e/ou nutrientes? 

Outro problema nos MRPs é a ausência de fibras alimentares, facilitando ainda mais a digestão e não contribuindo para o bom funcionamento do intestino. MRPs ainda contém quantidades de açúcares ou carboidratos simples (quanto muito oligossacarídeos), fazendo com que normalmente a absorção e utilização dos mesmos pelo corpo seja ainda mais rápida. Sem contar que os preços são altos!

Todavia, MRPs são válidos para pessoas que necessitam trocar uma ou no máximo duas refeições sólidas por dia, por falta de tempo, praticidade ou disponibilidade.


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.