Farinha de soja ajuda a emagrecer e a ganhar massa muscular


Rica em proteínas, a farinha de soja é uma grande aliada de quem está de olho não só na balança mas também nos músculos e na saúde, pois além de fornecer nutrientes importantes para a reconstrução muscular, há benefícios da farinha de soja também no auxílio ao emagrecimento e até mesmo para evitar os sintomas indesejados da TPM e da menopausa.

Você sabia que ela também contribui para o emagrecimento? Isso mesmo! Ela ajuda a secar aquelas gordurinhas indesejáveis em pouco tempo, além de promover mais saúde, energia e vitalidade. 

O que é a farinha de soja?

Tradicional na cozinha japonesa, a farinha de soja pode ser classificada como integral ou como farinha de soja torrada. Enquanto a primeira é produzida a partir do grão de soja torrado e moído, a segunda é obtida através do tratamento térmico dos grãos, que são fervidos por alguns minutos e posteriormente mergulhados em água fria (tratamento por choque térmico). As duas possuem todos os benefícios da soja e também são uma ótima fonte de proteínas e outros nutrientes importantes.

Propriedades nutricionais por 100g

Calorias: 360 kcal
Carboidratos: 16,8g
Proteínas: 50g
Gorduras totais: 10,2g
Fibra alimentar: 12,2g
Tiamina (vitamina B1): 48%
Vitamina B6: 30%
Ácido pantotênico (B5): 20%
Niacina: 14%
Vitamina K: 6%
Zinco: 16%
Magnésio: 72% 
Fósforo: 68%
Potássio: 68%
Manganês: 150%



Benefícios da farinha de soja

Fornece nutrientes para a formação de tecido muscular

A presença de proteína, minerais e vitaminas do alimento é que fazem com que ela seja boa para o crescimento muscular.

Durante o exercício, as células do tecido muscular sofrem microlesões que deverão ser reparadas a fim de que ocorra o tão esperado crescimento muscular. E esse reparo somente é possível com a presença de nutrientes como o ferro, as vitaminas do complexo B (que atuam no metabolismo das proteínas) e o magnésio.

A proteína da farinha de soja auxilia no processo de reconstrução das fibras, fornecendo todos os aminoácidos de que o corpo necessita para fabricar novas células musculares. A farinha de soja contém ainda zinco, mineral que atua no mecanismo de produção da testosterona e também acelera a recuperação muscular no pós-treino.

A proteína da soja possui um teor de aminoácidos sulfurados mais alto do que os grãos em geral, o que a torna uma proteína de alta qualidade, equivalente às proteínas de origem animal.

Previne o câncer

A antocianina, um dos compostos da soja, é um ótimo anticancerígeno, especialmente contra o de mama, além de ajudar a combater o colesterol alto, aumentando os níveis de colesterol bom, o que combate doenças do coração e tromboses.

Melhora o sistema imunológico e combatem o envelhecimento precoce

Pela presença do Zinco, a farinha de soja melhora o sistema imunológico, prevenindo resfriados e gripes. Por outro lado, quando as antocianinas agem em conjunto com as isoflavonas, também presentes na soja, funcionam como antioxidantes, que lutam contra os radicais livres, que envelhecem a pele.

Ajuda na perda e na manutenção de peso

A farinha de soja auxilia na perda e o controle do peso através de três mecanismos:

- O primeiro é através da atuação das proteínas e fibras alimentares, que prolongam a sensação de saciedade e mantêm a fome afastada por mais tempo.

- O segundo e o terceiro processo se dão pela atuação química da soja, que pode interferir nos mecanismos de regulação da fome e da saciedade. Segundo um estudo realizado pela Universidade de Illinois em Chicago, Estados Unidos, a soja demonstrou ser capaz de promover a perda de peso em ratos através do aumento do metabolismo e de uma melhora no mecanismo de sinalização de saciedade.

Diminui os sintomas da TPM e da Menopausa

Durante a menopausa, os níveis de estrógeno diminuem significativamente, mas as isoflavonas são capazes de se ligar aos receptores de estrógeno, de maneira que o corpo não irá sentir de maneira significativa a queda do hormônio humano. Por esse motivo, aliás, diz-se que a soja contém fitohormônios, ou seja, substâncias que atuam como hormônios mas que são de origem vegetal – como as isoflavonas.

Entre os sintomas da menopausa que podem ser aliviados com o consumo de farinha de soja estão as variações de humor, a fome repentina e as ondas de calor.

Mecanismo semelhante se dá com a TPM, quando os níveis de estrógeno estão acima do normal e podem causar sintomas como ansiedade, vontade excessiva de comer doces, variação de humor, inchaço e dores nos seios. Um dos benefícios da farinha de soja nesse sentido é ajudar a regular os níveis naturais de estrógeno, reduzindo seus efeitos no período pré-menstrual.

Fortalece os Ossos e previne a Osteoporose

O consumo regular das principais formas da alimento – entre elas a farinha de soja – pode evitar a perda de tecido ósseo.

A farinha de soja contém um alto teor de isoflavonas, cálcio e magnésio, três nutrientes que, em conjunto, estimulam a desenvolvimento de ossos fortes e ajudam a afastar o risco de osteoporose em mulheres que que já passaram pela menopausa.

Diminui o colesterol

O consumo diário de 60 gramas de farinha de soja (ou o equivalente a pouco mais de meia xícara) reduz as taxas de LDL (colesterol ruim) e aumenta os valores do HDL, contribuindo para a diminuição dos níveis do colesterol total.

Fontes:
Farinha de Soja. Disponível em http://www.dicasparaperderpeso.com.br/farinha-de-soja/. Visto em 08/09/16.
Benefícios da Farinha de Soja. Disponível em http://www.mundoboaforma.com.br/5-beneficios-da-farinha-de-soja-como-fazer-como-usar-e-receitas/. Visto em 08/09/16.


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.