Berlim e Paris possuem primeiros supermercados sem embalagens do mundo


Esse novo conceito em supermercados é bem simples: não há caixas de cereais ou saquinhos para você carregar as verduras, portanto, é necessário que você pense de antemão no que será consumido, para levar consigo os recipientes reutilizáveis e, assim, carregar as compras para casa.

Esse era o sonho de Sara Wolf e Milena Glimbovski, duas jovens empresárias, e assim elas inauguraram o Original Unverpackt em Berlim, na Alemanha, o primeiro supermercado onde produtos embalados não são comercializados. As mercadorias são vendidas por peso, o que simplifica até na hora de comparar o preço.

Além de evitar a geração de resíduos desnecessários, o método pode também diminuir o desperdício de alimento, já que será possível escolher quantidades menores para sua família e não correr o risco de acabar apodrecendo em casa.


O projeto em Berlim só foi possível graças ao financiamento coletivo hospedado na plataforma Startnext, onde os internautas fizeram doações de oito a três mil euros para atingir a meta de 45 mil. Uma semana antes de esgotar o prazo, a dupla já havia passado a marca dos 100 mil!

O supermercado sem embalagens que abriu em Paris, na França, foi batizado de Biocoop 21, uma homenagem à COP 21 (21ª Conferência de Clima da ONU que acontece neste ano), o supermercado não possui sequer uma bandejinha de isopor ou insulfilm plástico para embalar os produtos. Tudo lá é vendido a granel.

Para fazer compras, é preciso trazer de casa suas próprias embalagens – o que torna os produtos mais baratos. Para os mais esquecidos (ou, então, para aqueles que não planejavam parar no mercado), o Biocoop 21 oferece frascos de vidro e sacolas reutilizáveis feitas de algodão orgânico, entre outras embalagens para carregar as compras.

Aberta desde o início de novembro de 2016, a loja já tem data certa para fechar: 30 de dezembro. É que, por enquanto, o Biocoop 21 é uma experiência. Mas, se fizer sucesso, a marca de produtos orgânicos Biocoop promete reabrir a loja e até ampliá-la. 

Veja um vídeo da iniciativa (em francês):

2 comentários:

Tecnologia do Blogger.