Dicas para dormir sem o uso de medicamentos


Muitas pessoas fazem o uso de medicamentos para dormir, mesmo sabendo que esta não é uma prática saudável à curto, médio nem à longo prazo. Quando alguém tem insônia, deve consultar um especialista (geralmente psiquiatra ou neurologista). O profissional fará uma investigação da insônia, que pode aparecer sozinha ou ser causada por quadros como depressão, ansiedade ou vários tipos de doenças clínicas.

Naqueles casos em que a insônia tiver uma causa determinada, deve-se tratar esta causa e, como consequência provável, a insônia será curada ou melhorada.

Em outros casos, quando não houver nenhuma doença paralela que explique a insônia, além do uso de medicações em curto prazo, podem-se usar técnicas de higiene do sono, que também são eficazes e não têm efeitos colaterais. São elas:

1. Ir para a cama apenas quando estiver muito sonolento, sem conseguir manter-se acordado. Não basta estar cansado. Enquanto isto, ficar assistindo à TV, lendo um livro, folheando uma revista ou escutando música. Sempre atividades tranquilas, que relaxem. Filmes de suspense, músicas muito agitadas, atividades como lavar louças ou varrer a casa podem deixar a pessoa ainda mais acordada.

2. Se acordar no meio da noite e não adormecer em 15 a 20 minutos, fazem como em 1.

3. Exercícios físicos aeróbicos várias vezes por semana.

4. Tomar um lanche leve antes de ir dormir.

5. Não fumar e não beber café na parte da tarde.

6. Jamais tentar "forçar" o sono: quanto mais a pessoa tenta, mais acordada fica.

7. Para algumas pessoas, ajuda tomar um banho morno antes de dormir.

8. Acordar cedo, mesmo nos feriados e fins de semana.

9. Não dormir a mais, mesmo se tiver dormido mal durante a noite.

10. Não tirar cochilos durante o dia.




2 comentários:

Tecnologia do Blogger.