5 Perguntas e Respostas sobre a Creatina


1. O que é creatina?

A creatina é um aminoácido não-essencial sintetizado principalmente pelos rins, fígado e pâncreas. O corpo contém cerca de 100 g de creatina em uma mulher de 60 kg e 95% da creatina do corpo é armazenada nos músculos. A síntese de creatina é ajustável, especialmente quando a ingestão de alimentos é baixa: ela é capaz de compensar isso, de tal maneira que os níveis de creatina no organismo são sempre mantidos. Esse fenômeno proporciona uma taxa estável de creatina. Assim, mesmo os comedores de carne têm uma taxa estável de creatina e toda a creatina necessária para o bom funcionamento do corpo.

2. Quais são as quantidades necessárias de creatina?

Precisa-se de 2g de creatina por dia para a população em geral, no entanto, requer-se a adição de 1 a 2 g por dia para o praticante de atividade física que quer ganhar massa muscular.

3. Como a creatina age no corpo?

A creatina circula no sangue para chegar aos órgãos de armazenamento, tais como os músculos. Em seguida, ela se transforma em um composto chamado de "fosfato de creatina" (CP). Trata-se de uma fonte de energia minúscula, cuja autonomia é de apenas alguns segundos. A CP é muito útil para o início do exercício, se é de intensidade muito elevada, mas muito breve e transitória. A CP também repõe as reservas de ATP, a molécula de energia que fornece a potência útil para a contração muscular.

4. Quais alimentos são fontes de Creatina?

O consumo de creatina varia consideravelmente dependendo da dieta. Carnes, aves e peixes são ricos em creatina: contêm cerca de 4 a 5 gramas de creatina por kg do produto. O leite contém apenas 0,1 g por litro de creatina.

Em veganos, a ingestão de creatina é praticamente inexistente e a creatina será totalmente sintetizada pelo organismo.

5. Qual é o papel da creatina no esporte?

Um dos principais interesses da suplementação com creatina encontra-se no aumento de seu conteúdo no músculo, com o efeito de aumentar a capacidade anabólica do músculo. Isto faz com que seja possível trabalhar com uma intensidade mais elevada.

Especificamente, trata-se de adiar o tempo de exaustão em exercícios muito breves, repetidos e intensos do tipo Sprint, movimento halterofilista ou movimento de arremesso.



3 comentários:

  1. sempre bom saber mais sobre os suplementos que, nesse caso, nao tomo, mas pelo visto nao preciso mesmo, nao quero ganhar mtos msuculos

    ResponderExcluir
  2. to tomando creatina faz 3 semanas quanto tempo posso tomar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Confira com o profissional que lhe recomendou o suplemento, pois é algo discutível de acordo com o seu metabolismo individual e seus objetivos.

      Excluir

Tecnologia do Blogger.