6 Dicas de ouro para criar filhos saudáveis

   Se você tem filhos, sabe a árdua batalha que se trava diariamente contra a indústria alimentícia voltada para o público infantil. Pelo menos 2/3 das propagandas infantis veiculadas na televisão são voltadas para produtos alimentícios açucarados e gordurosos.

   Propagandas de fast food com brindes em forma de brinquedos, cereais açucarados com os desenhos preferidos da criançada, sucos repletos de açúcar querendo tomar o lugar da água na alimentação infantil. 

   O pior de tudo é que uma criança de até 12 anos passa, em média, 3 horas por dia em frente à televisão, sendo bombardeada com propagandas repletas de informação que geram desejos de consumo nos pequenos.

   Como revidar essa situação? Em casa, com o convívio dos pais, é que a criança vai entender o que realmente é bom e faz bem para ela mesma. Pensando nisso, separamos 6 "regras" para você executar todos os dias e criar filhos saudáveis:

Regra 1: Banque o psicólogo com seu filho.

   Atualmente, as crianças evitam vegetais como se eles fossem comidas "fora de moda", sendo que apenas 1 em cada 5 crianças come vegetais na quantidade que deveria. Se você reverter essa tendência, pode fazer com que ele goste de vegetais, mas como? 

- Tenha uma pequena horta. A aceitação das verduras pelas crianças é maior quando participam de seu cultivo;
- Não o force a comer, mas faça algo diferente que ele realmente goste e que inclua vegetais, como lasanha ou pizza;
- Deixe-o escolher os vegetais que preferir - isso pode aumentar em 80% o consumo de vegetais pela criança.



Regra 2: Nunca pule o café da manhã.

   Um estudo feito em 2005 mostrou que o café da manhã é a refeição mais "esquecida" pelas crianças, o que é um hábito terrível para começar a se manter na infância, pois esta é a refeição mais importante do dia - principalmente para os pequenos.

   Os resultados disso são preocupantes: aqueles que tomam café da manhã tem resultados melhores em testes de memória e fluência verbal, além de muitos outros benefícios acadêmicos.

   Outra pesquisa mostra também que aqueles que tomam café da manhã fazem escolhas alimentares melhores ao longo do dia, escolhendo menos refrigerantes e alimentos fritos e gordurosos, além de optar mais por vegetais e leite.

   Se o seu filho tem aversão ao café da manhã, comece a preparar alimentos que ele realmente goste de comer, mesmo que elas não sejam saudáveis no início (bolo de chocolate, por exemplo). Ao longo do tempo, quando ele adquirir o hábito de tomar o café da manhã, vá substituindo, aos poucos, a refeição dele por alimentos saudáveis!


Regra 3: Não o force a comer.

   Um estudo feito com 63 crianças mostrou que aquelas que são forçadas a comer toda a comida do prato, mesmo quando não queriam, comem 35% a mais comidas açucaras do que aquelas que comeram apenas até ficarem satisfeitas.

   Há uma linha fina entre encorajar a criança a experimentar novas comidas e força-la a comer contra a sua vontade, portanto, cuidado na hora de força-la experimentar qualquer coisa, isso pode criar uma aversão para a vida toda.

   Para driblar isto, você pode criar uma regra para seus filhos onde, dentro de casa, eles devem experimentar uma comida nova 3 vezes antes de decidir se gostam ou não dela. Se eles ainda não gostarem após a terceira vez que provarem, deixem para lá e não o forcem mais a comer. 


2 comentários:

  1. Muito bem esplicado e direitinho isso tudo aí, gostei mesmo, tenho um filho e tento fazer isso tudo aí e to sempre competindo com refrigerantes e salgadinhos. A luta é constante e dificiil

    ResponderExcluir
  2. Perfeito Só depende de nós a educação de nossos filhos É culpa dos pais quando eles ficam obesos e doentes Pais vão cuidar melhor dos seus filhos e deixem eles saudáveis

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.