Proteína de Carne não é melhor que Whey Protein

Há alguns anos, a Musclemeds lançou o Carnivor, proteína à base de carne - proteína esta que recentemente foi proibida pela Ansiva. Atualmente já existem diversas outras proteínas de carne que continuam sendo comercializadas livremente.

Foram, e são feitas, afirmações como “350% mais concentrado que um bife”, afirmações que fazer deste tipo de produto um substituto de sucesso do Whey Protein. As marcas de suplementação conseguiram convencer muitas pessoas de que a proteína de carne é melhor que whey protein, mas agora está na hora de você saber o porque isto não é verdade, graças ao seu valor biológico e aspectos nutricionais!

A informação mais disseminada sobre a carne é de que ela é uma das melhores proteínas existentes naturalmente, e talvez por esta razão que as pessoas tenham a ideia de que os suplementos de proteína de carne também são igualmente excelentes fontes proteicas, julgando que eles são feitos a partir das melhores partes do animal. No entanto, isto não é bem assim.


Falta o aminograma

A disparidade de qualidade da proteína da carne em relação ao Whey Protein começa com o fato de os suplementos da carne em 99% das vezes não divulgarem o aminograma (tabela que indica todos os aminoácidos presentes em determinado suplemento proteico, bem como as quantidades associadas a cada aminoácido).

O Whey Protein é bom devido ao seu interessante aminograma, pois contém todos os aminoácidos essenciais, especialmente BCAAs, em quantidades elevadas. Qualquer marca que saiba que está fazendo uma proteína de qualidade divulga a quantidade de BCAA. Um bom perfil de aminoácidos essenciais (especialmente BCAAs) determina a qualidade de um bom Whey.

O fato de os suplementos de proteína de carne esconderem o seu aminograma acusa que eles não são assim tão interessantes quanto parecem. Se o aminograma das proteínas de carne fosse mais interessante que o aminograma dos suplementos de whey, ele seria amplamente revelado e divulgado.

Suplementos de proteína de carne contêm gelatina hidrolisada

Seria interessante os suplementos de proteína de carne serem feitos a partir do peito do frango ou de partes nobres do boi, no entanto, a proteína é extraída de partes menos interessantes do animal. Se não fosse assim, os suplementos de proteína de carne seriam economicamente inviáveis para as empresas de suplementos.

É aqui que se encontra outro ponto desfavorável nestes suplementos: a gelatina hidrolisada. Se olharem para o rótulo da maioria dos suplementos deste tipo, repararão que a fórmula contém proteína extraída da gelatina. A gelatina é uma fonte proteica de baixo valor biológico e nada interessante para o ganho de massa muscular.

Mas se olharmos para os aminoácidos presentes em 100g de gelatina constataremos que:

- O aminoácido essencial triptófano é inexistente.

- Os aminoácidos essenciais histidina e metionina estão presentes em quantidades quase nulas.

- Os aminoácidos essenciais leucina, isoleucina, valina, fenilalanina e treonina estão presentes em quantidades muito baixas.

Como vêem, por muito hidrolisada que seja a gelatina, ela não é nada interessante para quem quer ganhar massa muscular.

Clique para aumentar
Há indícios que fazem crer que a gelatina hidrolisada é o ingrediente principal neste tipo de produtos (além, claro, do fator económico. O bife é caro, a gelatina é super barata). Vamos comparar o aminograma da gelatina (à esquerda) com o aminograma do 100% Beef Aminos da Universal, um suplemento de aminoácidos extraídos da carne:

Como pode-se ver, as semelhanças entre o aminograma da gelatina e o aminograma do produto são gritantes. Na maior parte dos aminoácidos, as diferenças são inferiores a 20%, levando-nos a concluir que estamos olhando para um produto feito basicamente de gelatina hidrolisada, com algumas quantidades levemente elevadas para formar um produto mais interessante.

Clique para aumentar
O produto Carnivoro Beef Protein Isolate divulgou seu aminograma e passa uma ideia do aminograma de um suplemento de proteína de carne. Vamos compará-lo com dois suplementos de whey bastante populares: o Elite Whey Protein (Dymatize) e o 100% Whey Gold Standard (Optimum Nutrition):

Se focarmos nos aminoácidos essenciais (assinalados em vermelho), verificamos que o suplemento de carne apenas contém uma maior quantidade de triptofano em relação aos suplementos de whey. Todos os restantes aminoácidos essenciais estão presentes em quantidades maiores nos suplementos de whey.

E reparem que a quantidade da dose do Carnivoro é superior à dose dos outros dois suplementos. Estamos comparando 40g de Carnivoro com 33g de Elite Whey Protein e 31g de 100% Whey Gold Standard. Mas mesmo assim os suplementos de whey batem a proteína de carne. Se comparássemos os 3 suplementos nas doses de 100g, o suplemento de carne ficaria ainda mais banal.

Mas isto ainda não acaba aqui! Os suplementos de proteína de carne que também contêm creatina divulgam a quantidade de proteína contida em cada dose incluindo também a creatina nesta conta, ou seja, o Carnivor oferece 23g de proteína por dose. Desses 23g, 2,5g correspondem a creatina. 

Um comentário:

  1. Bom ler e saber o que estamos comprando porque todo nosso esforço na academia vai em vão assim como o nosso dinheiro!!!!!

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.