Comida Japonesa é saudável? Pode fazer parte da dieta?

   Comida japonesa é algo realmente saudável, o problema se encontra quando você vai em um buffet ou rodízio e, além das quantidades absurdas que estão à sua disposição, também estão lá aquelas variações de sushi que não deveriam fazer parte da dieta, como os hot rolls, os famosos sushis fritos - que devem ser evitados!



   O ideal é que se peça a la carte, optando por pratos que possuam aproximadamente 6 lâminas de sashimi e em média 5 rolinhos de sushi ou niguiris, e nunca peça os hot rolls. É importante salientar que este prato principal que você vai comer no restaurante de sushi deve ser tão balanceado quanto um prato feito em qualquer outro restaurante ou em casa, contendo carboidratos, proteínas e verduras. Pensando nisso, deve-se ter em mente que cada rolinho de sushi tem o equivalente à uma colher de sopa de arroz, então, se o recomendado é comer até 4 colheres de arroz por refeição, não ultrapasse muito esta quantidade também no restaurante japonês!

   Procure comer sua verdura como entrada, pedindo um sunomono (pepino japonês), ou cogumelos, que são pouco calóricos, nutritivos e feitos de uma maneira deliciosa nestes tipos de restaurante. 

   CUIDADO COM O MOLHO SHOYU! Se você consegue comer o sushi sem o molho shoyu, o faça! Na versão light, uma colher de sopa do molho contém 25% de todo o sódio que você necessita diariamente, portanto, caso necessite do molho para comer o sushi, não ultrapasse a quantidade de uma colher de sopa durante toda a refeição e sempre prefira a versão light. Veja aqui as consequências do excesso de sódio no organismo.


Um comentário:

Tecnologia do Blogger.