6 Dicas para acabar já com a barriga inchada!

   Você está em dia com o seu corpo, mas sente a barriga inchada e frequentemente dura protuberante, mas não é excesso de gordura? Isso tem solução! Basta seguir algumas dicas para se livrar deste mal-estar. 

   A causa pode ter diversas origens, como alimentos que causam gases, má alimentação e má digestão. A barriga é uma das partes do corpo mais sensíveis e complicadas para manter em forma. Vamos às dicas:
1- Coma menos por refeição e faça mais refeições

   Diminua a ingestão de alimentos para favorecer o processo digestivo, fazendo pequenas refeições aproximadamente a cada 3 horas. Não pule refeições, pois quando você for comer, vai estar com muita fome e ingerir muitos alimentos de uma só vez.

2- Mastigue bem os alimentos

   Este é um dos primeiros passos para evitar a barriga inchada, já que a digestão começa na mastigação, sendo esta uma parte bem importante do processo. Se você mastigar os alimentos devagar, a digestão será mais rápida.

3- Beba muitos líquidos

   Água, chás, sucos naturais, aqui tudo é válido, desde que você beba em média 2 litros por dia. A melhor maneira de não reter líquidos é ingerir a quantidade que o seu corpo necessita diariamente, sendo que bebida durante a refeição ajuda a reter líquido (líquidos sem calorias durante a refeição não engordam, mas deixa a sua barriga mais inchada durante um grande intervalo de tempo sim). Bebidas com cafeína, gás e álcool tendem a deixar a barriga inchada também, pois podem provocar gases e, em alguns casos, prisão de ventre.

4- Não coma sódio excessivamente

   Evite alimentos salgados industrializados, pois eles contém excesso de sódio. Os preparados em casa tem normalmente pouco sal, portanto, estão liberados para o dia a dia. O excesso de sódio provoca retenção de líquidos, causando inchaço, além de possíveis formação de gases.

5- Fibras na medida certa

   As fibras ajudam o intestino a funcionar, eliminando grande parte do inchaço. Frutas, hortaliças, grãos e produtos integrais possuem grande quantidade de fibras, mas cuidado para não exagerar na dose, pois o excesso pode ser prejudicial também, provocando cólicas e inchaços. A ingestão diária recomendada é em torno de 25g, podendo variar para cada pessoa.

6- Faça boas escolhas

   Este é o item mais importante! Para que todas as dicas anteriores funcionem, você deve fazer boas escolhas na hora de selecionar os seus alimentos! Alimentos gordurosos como queijos, carne vermelha e doces não passam tão rapidamente pelo intestino quanto grãos integrais e verduras.

Curta Mulher Malhada no Facebook!

Um comentário:

Tecnologia do Blogger.