Receitas deliciosas para não sair da dieta

Diversas receitinhas para não passar vontade e não sair da dieta!

Aproveite melhor seu Whey Protein

4 Dicas básicas para um melhor aproveitamento do Whey Protein na sua dieta!

Saiba mais sobre suplementação

Há diferenças na suplementação de homens e mulheres?

Dicas de alimentação!

12 Benefícios do Salmão para a saúde

Fique ligada nas promoções!

Fique ligada nas postagens, sempre uma promoção para você participar!

quarta-feira, 23 de abril de 2014

Dicas para não chegar na hora do almoço com muita fome

   Siga estas dicas para não chegar no almoço com muita fome e acabar caindo em tentações que não deveriam fazer parte da sua dieta:

1- Coma bem no café da manhã
   Comendo bem no café da manhã, logo cedo, você controla não só o apetite no almoço, mas também no resto do dia. 


2- Faça um lanche de manhã duas horas antes do almoço

   Se você só tomar o café da manhã e a sua próxima refeição for o almoço já podem ter se passado 4 ou 5 horas entre as duas refeições, o que é totalmente inadequado. Faça um lanche aproximadamente 2 horas antes do almoço para que, desta maneira, você esteja com a fome mais controlada na hora do almoço.

3- Inclua fibras no café e no lanche da manhã

   As fibras devem fazer parte da alimentação pois ela causam sensação de saciedade por mais tempo, evitando que você tenha fome muito antes da hora do almoço.

4- Tenha um horário fixo para o almoço

   Se você tem horários fixos para comer, seu apetite jamais sai do controle. Já se você almoça às vezes meio dia e, outras vezes, às 14h, nos dias que você almoça mais tarde acabará comendo muito mais por impulso do que nos outros dias, prejudicando à você mesma.


4 Fotos de Antes e Depois da Atividade Física e Reeducação Alimentar

Antes e Depois! Inspire-se!





terça-feira, 22 de abril de 2014

Treino de membros inferiores da Gracyanne Barbosa

   Treino completo de quadríceps, posterior da coxa e panturrilhas da Gracyanne Barbosa feito dia 21 de abril de 2014:



Hack 5x10 (movimentos mais curto com foco no quadríceps) 
Leg press 5x12 aumentando a carga
Agachamento 5x8
Stiff 4x10 conjugado com flexora deitada 3 curtas sobe 1 - 4x10
Super série na mesa flexora - faz 6 diminui, faz 6 diminui, faz 6 diminui, faz 6 - 6 séries - na última serie faz 15 e desce bem lento
Adutora 5x12
Panturrilha sentada 6x15 parando 2 segundos na contração
Panturrilha em pé 3x50


Vídeo de Ensaio da Eva Andressa

Veja o vídeo com ensaio que Eva Andressa fez para a Atlhetica Nutrition:



Elíptico ou Esteira? Prós e Contras de cada um

Quero trabalhar mais meus músculos

Se você está procurando uma atividade para trabalhar bem todos os músculos do corpo, escolha a esteira! Nela, você trabalha panturrilha, quadríceps, posterior da coxa, glúteos e, de maneira secundária, também trabalha o abdômen, o músculo sacroiliolombar e os braços. Devido ao elíptico ser uma atividade de menos impacto, solicita menos os músculos para estabilização do corpo, trabalhando apenas membros inferiores.


Não tenho um bom condicionamento físico

Se você está começando agora com atividades físicas, pode escolher tanto o elíptico quanto a esteira. Uma iniciante consegue fazer tanto uma caminhada leve na esteira quanto um programa de menor intensidade no elíptico, vai depender de você. 

Sofro dor nas articulações

Para quem sofre de dor nas articulações, o elíptico é a melhor opção, pois é um exercício sem impacto. Ele simula uma caminhada sem tensão nas articulações, pois não é necessário tirar o pé do aparelho durante o exercício. 

Quero emagrecer, queimar mais calorias

O gasto calórico varia entre cada pessoa, dependendo de aspectos como: idade, condicionamento físico, metabolismo, idade, clima, intensidade e duração do exercício. A média do gasto calórico da esteira e do elíptico é a mesma, podendo variar de 300 a 500 calorias gastas por hora, dependendo dos aspectos citados anteriormente.

Acho muito monótono

A atividade feita na esteira pode sofrer mais variações do que aquela feita no elíptico, pois na esteira os programas podem sofrer variações que simulam subidas e descidas, maior e menor velocidade, enquanto no elíptico não há tantas variações - a velocidade depende do seu esforço, mas a carga pode ser aumentada. Para quem não sofre de dor nas articulações, pode-se alternar entre os dois aparelhos.

Estou muito acima do peso ideal

Quem está muito acima do peso ideal pode escolher a esteira para fazer caminhadas ou o elíptico, que não gera tensão nas articulações. Velocidades altas, cargas pesadas e corridas devem ser feitas após o peso já não prejudicar articulações, pois, antes disso, pode causar lesões. O elíptico, por simular um caminhada totalmente sem impacto, acaba sendo mais seguro para quem se encontra nesta situação.

Tenho medo de me lesionar

O elíptico oferece menor risco de lesões, devido à ausência de impacto.


Treino de Quadríceps da Juju Salimeni

Treino completo de quadríceps feito pela Juju Salimeni dia 21 de abril de 2014


Agachamento livre 15 conjugado com extensora 15 a 20 - 4 séries
Cadeira extensora unilateral 15 de cada lado conjugado com hack 15 - 4 séries
Leg press 45º descendo até o peito - 4 séries de 15-12-10-10

Fonte: instagram @jujusalimeni


6 Fotos de Mulheres Malhadas para lhe inspirar!

Motive-se com estas 6 fotos de mulheres malhadas!







quinta-feira, 17 de abril de 2014

Treino de quadríceps, posterior da coxa e panturrilha - Gracyanne Barbosa

    Treino completo feito dia 16 de abril de 2014 pela Gracyanne Barbosa, onde ela malha quadríceps, posterior da coxa e panturrilha:


Leg press 45º 15, 12, 10, 8, 6 aumentando
Leg press 45º 4x6 tirando o peso sem descanso
Leg press 45º 1x15 do meio para baixo
Leg press horizontal 3x15
Agachamento com foco no quadriceps 2x10 conjugado  com agachamento no cross over com auxílio do triângulo 2x30
Agachamento 2x8 aumentando peso
Mesa flexora 4x10 conjugado com stiff 4x10
Panturrilha 5x15 sem descanso tirando o peso, na última 1x10 alongando
Panturrilha sentada 6x15 parando 2 segundos na contração

3 Alimentos que podem sabotar a sua dieta

Para termos uma alimentação saudável e balanceada, é necessário que façamos escolhas inteligentes sempre, em todas as refeições de todos os dias da nossa vida, inclusive nas refeições livres. Mas você já pensou que pode estar comendo algo que não está fazendo tão bem para a sua dieta assim, mas você acha que não faz mal algum? 



Separamos alguns alimentos que, quando comidos em excesso ou em conjuntos com alguns ingredientes "perigosos" podem atrapalhar a sua dieta, trazendo resultados indesejados:

1- Barrinhas de cereais industrializadas

Passe longe das barrinhas de cereais! Claro, há versões saudáveis no mercado, mas elas são poucas. Normalmente, as barrinhas de cereais são ricas em carboidratos, açúcar e xarope de milho e pobres em fibras e proteínas. Se for ingerir uma barrinha, prefira as de proteína que são vendidas nas lojas de suplementos, com alta quantidade de nutrientes que realmente fazem bem para o seu corpo.


2- Saladas preparadas em restaurantes

As saladas que pedimos em restaurantes são muito saborosas, muito mais saborosas do que aquelas que preparamos em casa, mas você sabe o porque isso acontece normalmente? Pois elas são repletas de molhos prontos cheios de gordura e/ou sódio, azeites, croutons e queijos, entre outras coisas. Portanto, antes de pedir algo, não tenha vergonha de perguntar todos os ingredientes contidos no prato que você deseja, para sempre fazer a melhor escolha!


3- Comida japonesa

Já falamos neste post que a comida japonesa pode fazer parte de uma dieta saudável sim, pois ela conta com ingredientes super nutritivos na sua composição! Mas ela também pode ser uma grande vilã da sua dieta, caso você opte por aquelas peças repletas de arroz, fritas ou cheias de cream cheese. O ideal são escolher sashimis e peças simples, em pouca quantidade, sempre lembrando que um sushi equivale a uma colherada de arroz e adicionando molho shoyu em pouca quantidade!


Receita Fitness de Mousse de Morango com Calda de Chocolate

Nem parece que pode comer, mas pode sim! É uma ótima sobremesa com pouquíssimas calorias! Veja a receita do mousse de morango com calda de chocolate:

Ingredientes do mousse:

1 colher de sopa de gelatina diet de morango
250ml de de água
1/2 xícara de chá de de leite em pó desnatado (molico)
1 potinho de iogurte desnatado ou iogurte de morango diet
1 colher de sopa de de suco de morango em pó diet

Modo de preparo:

Dissolva a gelatina de morango em água fervente e reserve.
Bata bem o leite em pó com o iogurte desnatado e o suco de morango em pó.
Acrescente a gelatina diluída ao leite com iogurte e bata até obter um creme bem homogêneo.
Divida em quatro porções e leve para a geladeira por cerca de 2 horas.



Ingredientes da calda de chocolate:

100ml  de água
1 colher de chá de de amido de milho ou requeijão zero
1 colher de sopa de cacau em pó
Raspas de laranja
Adoçante em pó à gosto

Modo de preparo:

Leve ao fogo a água, o leite em pó, o amido de milho ou requeijão, o cacau e as raspas de laranja e deixe ferver. 
Retire do fogo e acrescente o adoçante.
Na hora de servir, despeje a calda ainda quente sobre o mousse após tira-lo da geladeira.

Bom apetite!!


Rende 4 porções.

Fonte: Saboridades